Está aberta a consulta pública nº 94 da ANS

Dos dias 11/03/2022 a 30/03/2022 fica aberta a consulta pública nº 94 da ANS.


Participe aqui


Essa consulta pública tem como objetivo receber contribuições da sociedade sobre o parecer inicial da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) sobre a avaliação da inclusão de 6 novos medicamentos para câncer e 1 para psoríase na lista obrigatória de coberturas dos planos de saúde.


Estima-se que serão mais de 600 mil novos casos de câncer no Brasil em 2022. No país, são 5 milhões de pessoas com o diagnóstico de psoríase. Essas doenças atingem pessoas de todos os sexos e idade, e afeta em sua maioria indivíduos ainda muito ativos e que são peças importantes na sociedade e na estrutura de suas famílias.

O tratamento adequado pode trazer mais conforto e qualidade de vida para esses pacientes. Por isso, a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) avaliou a incorporação de 7 novos medicamentos para diversos tipos de câncer e psoríase no rol da ANS.


É importante ressaltar que das 7 tecnologias analisadas, a ANS foi favorável à incorporação de apenas 5 delas:


1. venetoclax para leucemia linfocítica crônica (LLC)

2. trifluridine + cloridrato de tipiracila para câncer gástrico metastatico

3. trifluridine + cloridrato de tipiracila para câncer colorretal metastatico

4. risanquizumabe para psoríase moderada a grave

5. brigatinibe para câncer de pulmão não pequenas células localmente avançado ou metastático


As terapias que tiveram parecer desfavorável de incorporação, ou seja, aquelas que a agência entendeu que não devem ser oferecidos aos usuários de planos de saúde, são:


1. erdafitinibe para um tipo de câncer de bexiga (carcinoma urotelial avançado ou metastatico)

2. levomalato de cabozantinibe, indicado para o tratamento de carcinoma hepatocelular, tipo mais comum de câncer de fígado

Mas, essa ainda não é a decisão final. Está aberta a consulta pública n.º 94, que tem como objetivo entender qual a opinião da sociedade sobre esses pareceres preliminares da ANS. Se manifestar em uma consulta pública significa exercer o seu direito de cidadão e participar das decisões de saúde junto com o governo!

Se você tiver interesse em participar dessa decisão, dizendo se concorda ou não concorda com esses pareceres inicias da ANS, acesse o link da consulta pública e deixe a sua opinião: https://bit.ly/3KBuaEC

Atenção: feche o pop up que diz que o site da ANS migrou para conseguir fazer a sua contribuição.


Veja no vídeo abaixo o passo a passo sobre como fazer a contribuição na consulta pública:




#EstamosDeOlhoNoCâncerANS #EstamosDeOlhoANS #câncer #psoríase #Advocacy #AdvocacyNaPrática #Saúde #HealthAdvocacy #advocacyemsaúde #planodesaúde


18 visualizações0 comentário