top of page

Psoríase Brasil, Colabore com o Futuro e Deputado Mauro Bragato, promovem a primeira reunião da Frente Parlamentar de Psoríase e outras Doenças Crônicas de Pele


Foto: Carol Jacob


Hoje, na Assembleia Legislativa de São Paulo, um importante marco foi estabelecido para a comunidade médica, pacientes e defensores dos direitos daqueles que sofrem com psoríase e outras doenças crônicas de pele. A Psoríase Brasil, a Colabore com o Futuro, juntamente com o Deputado Mauro Bragato, promoveram a primeira reunião da Frente Parlamentar de Psoríase e outras Doenças Crônicas de Pele.



Entre os ilustres participantes estavam renomados especialistas e representantes da sociedade civil. A Dra. Sonia Freire, em nome da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, juntamente com o Dr. Wagner Falcão, especialista em doenças crônicas de pele raras e graves, e a Dra. Aline Okita, dermatologista renomada e Dra. Maria Victoria Suárez, representante da Sociedade Brasileira de Dermatologia, foram alguns dos painelistas que compartilharam suas experiências e conhecimentos.


Além disso, a presença marcante da Dra. Luiza Keiko Oyafuso, e das médicas Dra. Maria Vitória Suarez, Dra. Bruna Elena Graciano Falcone e da Nutricionista Dra. Fernanda Katsuragi, todas referências em dermatologia e saúde da pele, enriqueceu os debates e discussões. 



Foto: Carol Jacob


Ouvimos também as histórias de vida emocionantes de dois pacientes que vivem com psoríase, trazendo à tona as lutas e desafios enfrentados no dia a dia.



Os temas discutidos foram diversos e cruciais para a melhoria do tratamento e cuidado com os pacientes. Desde a jornada do paciente até a necessidade urgente de atualização do Protocolo de Diretrizes Terapêuticas no SUS, muitos pontos importantes foram abordados. Destacaram-se questões como a demora no diagnóstico precoce, os gargalos na regulação e a importância da continuidade no tratamento.


O resultado das discussões do debate da Frente Parlamentar foi a identificação de diversas áreas prioritárias de atuação. Entre elas, destacou-se a necessidade de atualizar o Protocolo de Diretrizes Terapêuticas (PCDT) para psoríase, com um enfoque especial no cuidado na infância, bem como para a hidradenite supurativa. Houve também um consenso

Foto: Carol Jacob

sobre a importância de melhorar o sistema de regulação e reconhecer as doenças da pele como patologias crônicas. Foi ressaltada a urgência em garantir a disponibilidade contínua dos tratamentos na rede de assistência farmacêutica, a fim de evitar interrupções no tratamento dos pacientes. 



Adicionalmente, foi discutida a necessidade premente de a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo avançar no processo de elaboração do protocolo para dermatite atópica. A liberdade de prescrição médica também foi abordada como uma questão fundamental durante as deliberações.

Outro ponto relevante foi a necessidade de melhorar a jornada dos pacientes, com um foco específico no diagnóstico precoce. Reconheceu-se que a agilidade e precisão no diagnóstico são fundamentais para garantir um tratamento eficaz e o bem-estar dos pacientes. Portanto, foi ressaltada a importância de medidas que encurtem o caminho até o diagnóstico, bem como o acesso a exames e especialistas e tratamentos mais efetivos. 



Além das diversas ações pontuais acordadas, foi decidido que, para o segundo semestre, será agendada uma nova reunião da Frente Parlamentar. Nessa ocasião, serão discutidos temas mais específicos relacionados às doenças de pele, e serão estabelecidas prioridades para protocolos e tratamentos de acordo com a demanda do Estado. Ademais, visando tornar as atividades da Frente Parlamentar mais dinâmicas e eficazes, serão elaboradas propostas a partir das contribuições de todos os participantes da primeira reunião. Essas propostas serão fundamentais para direcionar as ações futuras da frente e promover avanços significativos no cuidado e tratamento das doenças de pele em São Paulo.


Foto: Carol Jacob

Este é apenas o começo de uma jornada que visa melhorar a vida daqueles que enfrentam psoríase e outras doenças crônicas de pele. Juntos, médicos, pacientes e autoridades estão unidos para promover mudanças significativas e colaborar com um futuro melhor para todos!


19 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page