top of page

Consulta pública - Belimumabe para lúpus no SUS

Pessoas com lúpus poderão ter acesso a mais tratamentos pelo SUS!


>>>> DÊ A SUA OPINIÃO NA CONSULTA PÚBLICA <<<<



As pessoas com lúpus tem em sua maioria de 30 a 40 anos e costumam ser mulheres.


Essas mulheres estão em uma fase muito ativa de suas vidas e são fundamentais para a renda e estrutura de suas famílias. Se elas precisarem deixar de trabalhar por conta da doença, isso afetará o sistema como um todo.


E porque elas deixariam de trabalhar? Os sintomas da doença podem causar queda de cabelo, lesões e manchas no corpo. Isso gera preconceito por parte da população e do empregador, que deixa de contratar as pessoas com lúpus. A doença, em pouco tempo de diagnóstico, também pode trazer complicações mais graves como glaucoma, diabetes, insuficiência renal e de outros órgãos, que podem ser muito debilitantes e afetar intensamente a vida profissional e social dos pacientes.



O tratamento é fundamental para trazer alívio dos sintomas e contribuir para mais qualidade de vida das

pessoas com lúpus, mas nem todas as pessoas melhoram com o tratamento convencional disponível hoje no SUS.


Isso pode mudar agora! O SUS está avaliando nesse momento oferecer uma opção de tratamento biológico para as pessoas com lúpus. E sua opinião pode contribuir para isso!


Participe da consulta pública nº 01/23 da Conitec e dê sua opinião sobre a inclusão do biológico belimumabe para lúpus no SUS!



>>>> DÊ A SUA OPINIÃO NA CONSULTA PÚBLICA <<<<


Atenção! Essa consulta pública fica aberta apenas de 17/01/2023 a 06/02/2023


Para opinar é necessário fazer o login no gov.br



Ficou em dúvida de como se manifestar? Veja no vídeo a seguir o passo a passo e saiba como participar da consulta pública:




6 visualizações0 comentário
bottom of page